7 Benefícios Do Resveratrol Para A Saúde


Talvez você ainda não conheça os benefícios do resveratrol para a saúde. Porém, é possível que já tenha ouvido falar, por exemplo, que consumir vinho tinto abaixa os níveis de colesterol LDL.

Essa capacidade apresentada pelo vinho tinto se deve justamente aos níveis de resveratrol na sua composição. Esse composto também está presente em outros alimentos e bebidas, fazendo um bem enorme ao organismo.

Atualmente os benefícios do resveratrol para a saúde se mostram cada vez maiores, estando entre os principais a proteção do coração e das funções cerebrais (1234). Confira a seguir:

Para começar, vamos às definições: o que é o resveratrol?

O resveratrol é um composto que vem das plantas. Ele funciona como um antioxidante no corpo.

É possível consumi-lo através de alimentos e bebidas, como o vinho tinto, as uvas, frutas vermelhas e amendoim (56).

Esse composto fica principalmente nas sementes e nas cascas das uvas e frutas vermelhas. Não é por acaso que o vinho tinto é tão rico em resveratrol. Isso acontece justamente porque as sementes e cascas das uvas roxas fazem parte de seu processo de fermentação (7).

A maior parte das pesquisas envolvendo esse composto foram feitas em animais, então é difícil definir como ele funciona no organismo humano. De todo modo, nas pesquisas feitas com seres humanos, os suplementos de resveratrol se mostraram mais ricos no componente do que os alimentos nos quais está presente (8).

Conheça os principais benefícios do resveratrol para a saúde e entenda o motivo de tanta gente apostar nele. Veja:

1. Diminui a pressão arterial

Por causa das suas capacidades antioxidantes, o resveratrol é ótimo para baixar a pressão sanguínea (9). Análises feitas em 2015 concluíram que altas doses do composto reduzem a pressão nas paredes dos vasos sanguíneos, na medida em que o coração bate.

Esta é conhecida como pressão arterial sistólica, sendo maior na hora que medimos a pressão. Ela costuma aumentar com o passar dos anos, quando as artérias ficam com revestimentos mais duros. Isso pode ser um fator de risco para as cardiopatias. No entanto, com o consumo de resveratrol, a produção de óxido nítrico é aumentada no pelo corpo, o que relaxa esses vasos (1011).

2. Colabora para o controle do colesterol no sangue

Estudos feitos em animais têm sugerido que suplementos de resveratrol fazem com que o sangue tenha mais colesterol HDL, considerado “bom” (1213).

Já pesquisas feitas com ratos mostraram que cobaias com dietas ricas em proteínas, gorduras poli-insaturadas e suplementos de resveratrol tiveram aumento nos níveis de colesterol HDL.

Isso acontece porque esse composto reduz os efeitos causados pela enzima responsável pelo controle da produção do colesterol. Além disso, o resveratrol é um antioxidante antes de tudo. E é exatamente por isso que ele consegue combater a oxidação do colesterol LDL (14).

Um estudo feito há alguns anos fez com que os participantes consumissem o extrato de um suco de uvas. Este suco tinha recebido doses extras de resveratrol ao longo de seis meses. O resultado foi que todos experimentaram uma queda considerável nos seus níveis de colesterol LDL (15).

3. Faz com que alguns animais vivam mais

Entre os benefícios do resveratrol para a saúde certamente está o fato dele prolongar a vida diversos seres, o que possivelmente também é funcional para os humanos (16).

Evidências mostram que esse composto ativa genes capazes de combater o envelhecimento e evitar o surgimento de doenças que chegam com a idade (17, 1819).

Não é certo que isso funcione para seres humanos ainda, mas as pesquisas indicam que a relação é efetiva no caso de mais de 60% dos organismos que foram estudados (20).

4. Protege as funções cerebrais

Vários estudos mostram que beber vinho tinto faz com que você não tenha declínios cognitivos com o passar dos anos (21222324). É bem provável que isso ocorra pela ação antioxidante e anti-inflamatória desse composto.

O que se entende é que ele combate a formação e a junção de proteínas conhecidas como beta-amielóides, fundamentais para que doenças como o Alzheimer não se desenvolvam (25). Além disso, o resveratrol também promove uma série de eventos que protegem as funções do cérebro.

5. Aumenta a sensibilidade à insulina

Quem não tem sensibilidade à insulina acaba ficando diabético. Isso porque o hormônio é incapaz de agir no organismo, fazendo com que haja um acúmulo de açúcar no sangue (26272829).

Entre os benefícios do resveratrol para a saúde está o fato dele ser capaz de aumentar essa sensibilidade. Ele evita que as enzimas transformem o açúcar em sorbitol.

Diabéticos costumam apresentar um acúmulo de açúcar no organismo, o que em larga escala pode acabar causando a oxidação das células, prejudicando a saúde (3031). Entre as vantagens do resveratrol nesse sentido estão:

  • Proteção contra o estresse da oxidação, evitando que ela atinja as células e prejudique-as;
  • Redução das inflamações do organismo, contribuindo para o combate de doenças crônicas;
  • Capacidade de ativar a proteína  AMPK, que metaboliza a glicose, mantendo seus níveis baixos.

Ao que tudo indica, esse composto é até mais benéfico às pessoas que tem diabetes do que aquelas que não têm (32).

6. Alivia as dores das articulações

Você provavelmente sabe que a artrite é um problema bastante comum, que causa problemas nas articulações, causando dores e perda de mobilidade com o passar do tempo (33).

Suplementos de resveratrol vêm sendo usados com o objetivo de tratar esses problemas, ajudando inclusive a proteger as articulações, evitando que a cartilagem se deteriore (34).

É justamente a degradação das cartilagens que causa dores e prejudica os movimentos. Estudos recentes testaram o uso de injeções de resveratrol nos joelhos de coelhos que sofriam com artrite. Com isso, descobriu-se que esse composto reduz a inflamação e, consequentemente, é capaz de evitar os incômodos que ela causa (353637).

7. É capaz de suprimir as células cancerígenas

Um dos benefícios do resveratrol para a saúde é que ele consegue, de fato, prevenir o câncer.

De acordo com vários estudos feitos em animais, o suplemento tem a capacidade de combater a formação de células cancerígenas em vários órgãos, como cólon, pele, mama e próstata (3839, 4041424344). Segundo essas pesquisas, isso acontece de algumas maneiras, tais como:

  • Através da inibição do crescimento das células cancerosas;
  • Através da transformação dos genes das células cancerosas, promovida pelo composto (45);
  • Através na ação em hormônios, que também são capazes de combater o câncer ou evitar sua evolução (46).

O resveratrol pode trazer riscos à saúde?

Se você está com a saúde em dia, é bem provável que o resveratrol só faça bem, de acordo com pesquisas na área (47). Ainda não é claro, no entanto, o quanto desse composto devemos consumir para que ele nos traga os benefícios prometidos.

Além disso, a interação do resveratrol com outros medicamentos pode acabar sendo perigosa. Doses elevadas desse suplemento podem complicar a coagulação sanguínea, segundo pesquisas. Entã,o se ele for combinado a drogas anticoagulantes, é bem possível que os efeitos sejam problemáticos (4849).

O resveratrol também é apontado como um bloqueador de certas enzimas, que ajudam a fazer uma “faxina” no organismo. Sendo assim, combinado a outros medicamentos, seus efeitos podem ser ruins. Os remédios em questão são normalmente os de controle de pressão arterial, os feitos para a ansiedade e os imunossupressores (50).

Se você pretende então suplementar com resveratrol, é fundamental que consulte antes um médico para não ter problemas. Não é certo se o seu consumo pode ou não prejudicar a saúde se combinado a outros medicamentos (51, 52).

Mais saúde

Consumir resveratrol é, para muitos, promessa de muito mais saúde. O composto pode ser consumido através de suplementos ou de alimentos e bebidas. Mas o fato é que ele oferece muitas vantagens para quem o tem no organismo.

Nesse artigo você pode ver quais são os principais benefícios do resveratrol para a saúde. É importante, no entanto, consultar um especialista antes de consumir suplementos desse composto, para evitar riscos relacionados a interação medicamentosa e também para estipular quantidades funcionais para o corpo.

 

>
WordPress Video Lightbox