10 Sinais E Sintomas Do Hipotireoidismo


Os distúrbios da tireoide são mais comuns do que se imagina. De acordo com pesquisas, 12% das pessoas de todo mundo sofrerão com esses problemas ao longo da vida. Por isso, é importante que você conheça bem os sinais e sintomas do hipotireoidismo.

Vale dizer que as mulheres são oito vezes mais propensas a desenvolver essas desordens. Além disso, os problemas relacionados a essa glândula vão aumentando com o passar dos anos. e é por isso que os adultos costumam ser mais afetados do que as crianças.

A função mais básica da tireoide é nos fazer sentir energizados. Ela ajuda não só no crescimento, mas também no funcionamento do organismo. Problemas ocorrem quando os níveis de hormônio secretados pela tireoide são baixos demais. E é sobre os sinais e sintomas do hipotireoidismo que este artigo vai tratar.

O que é o hipotireoidismo?

A tireoide é uma glândula bem pequena, que tem a forma de uma borboleta. Ela está localizada na parte da frente da traqueia.

2 Presentes + Acesso VIP GRÁTIS!

Cadastre-se e recebe agora 2 Books com 20 Receitas Caseiras SUPERSUCOS + 14 Práticos Chás TERAPÊUTICOS + Acesso VIP Premium.

envelope
envelope

Quando você coloca os seus dedos do lado do pomo de Adão e engole, é possível sentir essa glândula. Ela tem a capacidade de liberar o hormônio da tireoide, que ajuda a controlar o crescimento e também a regular o metabolismo.

A hipófise, por sua vez, é uma glândula que fica no cérebro e que regula a liberação do hormônio estimulante da tireoide. Esse hormônio estimulante é o alerta que o corpo precisa para receber mais hormônios da tireoide (1).

É possível que os níveis de hormônio estimulante aumentem. Isso, no entanto, pode atrapalhar o funcionamento desse sistema e causar o hipotireoidismo secundário.

São vários os sinais e sintomas do hipotireoidismo. É importante reconhecê-los para poder agir na direção certa. Confira abaixo:

1. Cansaço extremo

O cansaço extremo e constante é um dos sinais mais claros que o corpo nos dá sobre o hipotireoidismo. Isso acontece porque esse hormônio controla os níveis de energia. Um exemplo são os animais que hibernam: eles tendem a ter os níveis do hormônio da tireoide baixíssimos enquanto dormem (2).

Quem tem níveis altos desse hormônio nunca consegue parar. Já quem tem níveis baixos, vive exausto e lento. De acordo com estudos feitos com mais de 130 adultos, o hipotireoidismo causa baixa motivação e sensação de cansaço. Outras pesquisas endossaram o resultado (34, 56).

2. Ganho de peso

Engordar é um dos sinais e sintomas do hipotireoidismo. Isso acontece primeiro porque pessoas com esse problema se movimentam menos. Além disso, a baixa no hormônio da tireoide faz com que o fígado, músculo e tecidos adiposos não queimem calorias.

Assim, o metabolismo muda com os níveis de tireoide baixos. Ao invés de queimar gordura, o corpo passa a armazenar, o que gera ganho de peso. De acordo com estudos feitos recentemente, pessoas diagnosticadas com o problema engordaram de 7 a 14 kg (78).

3. Sensação de frio

O calor que sentimos vem das calorias que queimamos. Uma prova disso é o quanto você fica quente quando se exercita. E a verdade é que, mesmo em repouso, queimamos calorias, o que nos deixa sempre aquecidos.

O problema é que a pessoa com hipotireoidismo também apresenta queda na taxa metabólica basal, então deixa de sentir calor. Outro fato é que o hormônio da tireoide controla o funcionamento da gordura que gera calor. Quando ele está em baixa nem essas reservas ajudam a aquecer.

4. Fraqueza e dores nos músculos e nas articulações

Quando há baixa da tireoide, o corpo entra em catabolismo. Isso faz com que ele quebre tecidos, como os músculos, para nos aquecer (9). A força muscular nesse processo diminui, e sentimos muita fraqueza e, em alguns casos, dor (10).

Uma pesquisa feita com 35 participantes mostrou que o uso de hormônio tireoidiano sintético naqueles com hipotireoidismo ajudou a melhorar a força dos músculos e a diminuir as dores (11). Já um outro estudo apontou que 25% dos usuários desse hormônio sintético mostraram maior bem estar e disposição (12).

5. Queda de cabelo

A maioria das células é regulada pelo hormônio da tireoide, e o mesmo vale para os nossos folículos pilosos. Essas células, inclusive, têm uma vida útil curta. Por isso, elas acabam sendo mais sensíveis aos baixos níveis desse hormônio do que outras do células do organismo (13).

Nesse caso, o cabelo cai, pelo menos até um tratamento para a tireoide ser empregado. Inclusive, de acordo com estudos, cerca de 30% dos pacientes tiveram queda capilar pela baixa de hormônios da tireoide (14).

É importante notar que outros problemas hormonais podem afetar vários aspectos do seu cabelo, inclusive a queda. Por isso é importante ir num especialista para averiguar.

6. Pele ressecada e coceira

Um dos sinais e sintomas do hipotireoidismo é dado pela nossa pele. Se o ciclo de renovação for rompido, a pele pode demorar para se regenerar. Isso faz com que a camada externa da pele continue exposta mesmo estando morta. E é daí que vem a sensação de pele seca.

De acordo com estudos recentes, 74% das pessoas estudadas com hipotireoidismo tinham pele seca (15).

Além disso, pessoas com baixas na tireoide também apresentam alergias na pele, assim como casos de vermelhidão ou inchaço. E isso especialmente quando a baixa tem relação com um diagnóstico de doença autoimune. Se você tem o histórico de alguma dessas doenças na sua família é importante consultar um médico.

7. Sentimento de depressão

Essa condição está diretamente relacionada à depressão. Ainda não é claro o motivo, mas suspeita-se que isso tenha relação com uma diminuição considerável dos níveis de energia, que pode causar um quadro depressivo (16).

Pesquisas apontam que 64% das mulheres e 57% dos homens com hipotireoidismo também têm depressão. Além disso, 57% das mulheres com hipotireoidismo apresentam crises constantes de ansiedade (17).

De acordo com estudos, o uso de hormônio sintético da tireoide e de placebos aliviou os sintomas de depressão em quem sofre com problemas de tireoide (18).

Uma outra análise mostrou que mulheres mais jovens com hipotireoidismo tiveram aumento dos sintomas de depressão, mas não só isso. Elas apresentaram também uma diminuição considerável da libido e do interesse sexual.

É importante dizer que as flutuações hormonais, tão comuns depois de um parto, podem fazer com que uma mulher desenvolva hipotireoidismo. E o resultado disso é que muitas mães começam a desenvolver a depressão pós-parto.

Se você se sente deprimido, é importante buscar ajuda médica e terapêutica. Isso vai ajudá-lo a entender de onde vem esse problema e, assim, tratá-lo da melhor maneira possível (1920).

8. Problemas de memória e concentração

Um dos sinais e sintomas do hipotireoidismo certamente é a perda de concentração e de memória. Porém isso acaba variando muito de pessoa para pessoa, de paciente para paciente.

De acordo com estudos recentes, 22% dos indivíduos com baixa na tireoide acabam tendo dificuldade na matemática básica. Cerca de 36% das pessoas na mesma condição também admitem ler mais devagar e 39% desses participantes confessam que sentem que tem uma memória inferior.

Em outra pesquisa feita com 14 homens e mulheres ficou claro que, quando o hipotireoidismo não é tratado, é possível que o paciente se esqueça até das conjugações verbais mais básicas.

Não se sabe ainda o motivo disso acontecer, mas o que já se constatou é que a memória e a capacidade de concentração são recuperadas à medida que os pacientes se tratam (2122).

9. Constipação

Se você está com baixos níveis de hormônios da tireoide é bem provável que se sinta constipado. De acordo com um estudo, a constipação afeta 17% das pessoas com hipotireoidismo. Pessoas sem o hipotireoidismo também têm constipação, claro, porém numa quantidade bem menor: apenas 10% dos participantes apontaram ter o problema.

Nesse mesmo estudo, constatou-se que os participantes com hipotireoidismo acabavam reclamando de uma piora na constipação, se já sofriam com a dificuldade para ir ao banheiro antes mesmo de terem a questão dos hormônios para resolver.

Essa queixa é comum entre aqueles que sofrem com constipação, mas está longe de ser a reclamação mais recorrente (23).

10. Períodos menstruais irregulares

Esse é outro dos sinais e sintomas do hipotireoidismo. Inclusive, de acordo com estudos recentes, 40% das mulheres que têm hipotireoidismo apresentaram irregularidade no ciclo menstrual, além de terem um sangramento muito maior e muito mais longo.

Outra pesquisa mostrou que 30% das mulheres com hipotireoidismo tem períodos desregulados e muito fortes. Elas descobriram o diagnóstico em hipotireoidismo depois de exames, que se mostraram necessários pelos sintomas apresentados (24).

O que ocorre é que o hormônio tireoidiano tem uma interação constante com outros hormônios do corpo, inclusive com aqueles que são responsáveis pela manutenção do ciclo menstrual das mulheres.

A baixa do hormônio da tireoide faz com que os sinais que os outros hormônios recebem fiquem prejudicados, o que altera os ciclos menstruais. Também vale lembrar que o hormônio da tireoide afeta diretamente os ovários e o útero.

Procure ajuda médica

O hipotireoidismo é um transtorno muito comum e que traz à tona uma série de sintomas. Obviamente esses sintomas isoladamente podem remeter a outras condições e doenças, então é sempre importante consultar um médico de confiança para se assegurar.

Ainda assim, quem apresenta todos esses sintomas de uma só vez e percebe que eles estão se agravando pode ter quase certeza que está sofrendo com o hipotireoidismo.

A boa notícia é que, de modo geral, a baixa nos hormônios da tireoide se resolve com o uso de medicamentos bastante acessíveis. Então, este acaba sendo um problema relativamente tranquilo de ser solucionado.

Nesse artigo listamos 10 sinais e sintomas do hipotireoidismo, para você conhecer mais sobre o que essa condição causa e descobrir se pode estar sofrendo com esse problema. Se for o caso, procure já um médico.

>
WordPress Video Lightbox