11 Ervas E Suplementos Para Diabetes


Se você tem diabetes ou tem chances de desenvolvê-la, saiba que cuidar do corpo e da alimentação são tarefas essenciais. Para isso trocar os medicamentos – que podem ter efeitos colaterais – por ervas e suplementos pode ser uma excelente alternativa.

Essas opções naturais tem mostrado oferecer grandes benefícios a quem tem a doença. Seja diminuindo o açúcar no sangue ou até mesmo melhorando o teor de gordura e a circulação. Aliados a exercícios, os resultados podem ser surpreendentes.

Conheça a seguir quais ervas e suplementos podem ajudar no combate a diabetes.

Quais são as principais ervas e suplementos para combater a diabetes?

A diabetes pode causar problemas sérios. Se não forem tratados, estes podem até mesmo levar à morte. Veja uma lista das ervas e suplementos recomendados para ajudar a doença combater a doença:

2 Presentes + Acesso VIP GRÁTIS!

Cadastre-se e recebe agora 2 Books com 20 Receitas Caseiras SUPERSUCOS + 14 Práticos Chás TERAPÊUTICOS + Acesso VIP Premium.

envelope
envelope

1. Açafrão

O açafrão é uma erva com potencial corante. Ele possui curcumina em sua composição, que é detentora de propriedades medicinais de efeitos antidiabéticos.

Segundo estudos, a curcumina diminui as taxas de açúcar no sangue. Ao consumir 300 mg por dia, a redução é de 18% (12).

Outro estudo analisou casos de pré-diabetes.  Mais de 200 pessoas nessa condição tomaram 1,5 g de curcumina por 9 meses. O resultado mostrou células beta mais funcionais que impediram o desenvolvimento da diabete tipo dois no período da pesquisa (3).

A curcumina também foi apontada por seus efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes. Estes reduzem o risco de doenças graves, como males do coração e outros geralmente trazidos pela diabetes (45678).

2. Gengibre

O gengibre é muito usado ao redor do mundo. Ele é famoso por suas propriedades termogênicas, antigripais, combatentes de resfriados e, até mesmo, dos sintomas da diabetes.

Através de uma análise feita com 88 pessoas comprovou-se que ingerir 3 g de gengibre por 2 meses pode diminuir os níveis de açúcar no sangue (9).

Outros estudos aplicando a dosagem entre 2 e 3 g de gengibre também apresentaram bons resultados. Além disso, eles comprovaram as capacidades antioxidantes e anti-inflamatórias do produto, melhorando a saúde dos olhos e coração (101112131415).

Finalmente, estudos também apontam que compostos ativos presentes no gengibre impedem as proteínas de se alterem. E isso devido às altas taxas de açúcar no sangue, que podem danificar células, vasos sanguíneos e nervos (1617).

3. Canela

A canela é famosa por atuar contra a diabetes. Porém, especialistas ainda dividem opiniões sobre sua real eficácia. Estudos em laboratório confirmam seus benefícios. Alguns deles são: melhor resistência à insulina, melhor absorção de glicose e combate à inflamação.

Porém, essas pesquisas aplicadas em seres humanos não foram capazes de encontrar resultados tão consistentes (18192021).

Sem efeitos significativos, a fama da canela de atuar sobre a produção do colesterol equilibrado total ainda fica por desejar. Ainda assim, ela é uma boa opção para regular os níveis de açúcar no sangue em jejum (192022232425).

Outro problema encontrado na canela é o fato dela possuir dois tipos: o Ceilão e Cassia. Cada um deles possui efeitos diferentes.

Algumas evidências demonstram que o tipo Cassia é melhor em relação ao tratamento da diabetes. E isso porque este tipo diminui os níveis de açúcar no sangue. Porém, não há como ter certeza da afirmação (26).

O teor de curcumina presente no tipo Cassia é extremamente alto. Isso faz com que essa opção estimule problemas no fígado, caso não seja consumida com moderação. Ainda que esse fato também não tenha sido comprovado por estudos, é importante estar atento (27).

Então, se for optar pela canela na hora de combater os sintomas da diabetes, opte por sua variação Cassia, que é a opção mais segura.

4. Cebola

Estudos em animais confirmaram os benefícios da ação da cebola na redução do açúcar no sangue. Porém, os resultados em seres humanos não foram muito satisfatórios (282930).

Um estudo que acompanhou diabéticos do tipo 1 e 2 demonstrou que consumir 100 g de cebola crua e vermelha ajudou a diminuir nos níveis de açúcar no sangue. E isso foi constatado em ambos os tipos, após ingerirem uma refeição com açúcar (31).

Outros estudos mais antigos afirmam que adicionar cebola às refeições ajuda a manter o açúcar do sangue equilibrado (323334).

Mesmo contando com resultados ainda não 100% confirmados, a cebola é um alimento de fácil acesso. E ela pode facilmente estar presente na rotina alimentar, estimulando a melhora dos sintomas da diabetes.

5. Sementes negras ou curry negro

Conhecida como Nigella sativa, ela está presente en uma flor amplamente usada na medicina tradicional. Esta é capaz de combater inflamações, bactérias, diminuir a gordura do sangue e os riscos de sofrer doenças no fígado e coração (353637).

A ação da semente negra também foi apontada como positiva para a diabetes. Uma revisão de 23 estudos feitos com diabéticos concluiu a efetividade da semente negra na diminuição do açúcar na circulação (3839404142).

A semente negra se mostrou capaz de diminuir os níveis elevados de açúcar e gordura no sangue também em outros estudos (43444546).

Pressão Arterial:  O Segredo Escondido da Bíblia

Estudo médico revolucionário descobriu na Bíblia um ingrediente natural para combater a pressão sanguínea(funciona melhor que dieta e exercícios!

Assista esta apresentação para saber mais

 

6. Feno-grego

Ele é famoso por suas propriedades naturais e medicinais e também é amplamente usado na cozinha. Apesar dos estudos envolvendo o feno-grego e sua relação com diabéticos não terem sido completamente satisfatórios, alguns pontos foram analisados.

Uma revisão desses estudos colocou o feno-grego como responsável pela redução do açúcar no sangue em jejum. E isso além de melhorar as taxas de colesterol e de reduzir o açúcar da circulação após refeições (47).

Apesar desses benefícios, o impacto do feno-grego ainda não é completamente claro. No fim das contas, o valor de redução foi de 1 mg/dl, o que não é tão efetivo (484950).

Estudos mais recentes apontam a ação do feno-grego como um excelente preventor da diabetes ao invés de reduzir o açúcar no sangue. Porém, um efeito colateral foi identificado: dores no estômago (51).

7. Aloe Vera

Através da descoberta de que a aloe vera seria capaz de reduzir as taxas de HbA1c em mais de 1%, a erva se mostrou eficaz na redução da medida média de açúcar no sangue (52).

Ainda que maiores estudos sejam necessários, diversas pesquisas também esse resultado. Por isso é interessante fazer uma a tentativa, já que não há efeitos colaterais (53545556).

8. Berberine

O berberine, diferente das outras opções, é um suplemento e não uma erva. Ele pode diminuir a gordura no sangue e atuar como anti-inflamatório, além de reduzir as taxas de açúcar (57585960).

Ele demonstrou reduzir em quase 2% a HbA1c, mesmo sendo dificilmente absorvida e necessitando de uma alta dose para oferecer efeitos significantes. Porém, ele também demonstrou efeitos colaterais. Alguns deles são gases e irritação estomacal (61).

9. Boldo, mirtilo e uveira da serra

Esses três produtos da mesma família se mostraram capazes de reduzir os sintomas da doença. Eles também ajudam a preveni-la através do consumo constante de suas folhas, que reduzem as taxas de açúcar no sangue, o dano oxidativo e inflamações (626364).

Um estudo comprovou que a ingestão do extrato da espinha dorsal dessas folhas reduziu em 16,3% o teor de açúcar no sangue das pessoas em jejum. O percentual fica em 13,5% nos que já haviam comido. Outro estudo reforçou essa tese (6566).

Essas opção parecem bastante promissoras. Especialmente ao se tratar do preparo de vitaminas nas quais elas estão presentes. Estudos comprovaram que esse hábito também é capaz de reduzir os níveis de açúcar no sangue a longo prazo (67).

10. Cromo

Em relação ao cromo, alguns estudos não apresentaram praticamente nenhum resultado na diminuição do açúcar no sangue. Por isso as opiniões sobre seu funcionamento se dividem, sendo que alguns especialistas acreditam em sua funcionalidade para combater a diabetes (48686970).

11. Magnésio

Acredita-se que o magnésio pode atuar contra a diabetes. E isso graça a revisão de um estudo que continha mais de 600 mil participantes. Ele apontou que os que possuíam o maior consumo da substância tinham até 17% chances de desenvolver a doença, taxa que crescia a cada acréscimo de 100 mg na ingestão (71).

Em jejum, o magnésio também demonstrou diminuir os níveis de açúcar no sangue dos pacientes (7273).

Outras ervas e suplementos

Além dessas ervas e suplementos, existem ainda outras opções para manter a diabetes sobre controle. Veja:

  • Vitamina C: é um combativo à inflamações e pode aumentar a resistência à insulina, além de atuar como um poderoso antioxidante (74757677).
  • Coenzima Q10: é apontada em alguns estudos como responsável por diminuir o dano causado por oxidação e por fornecer disposição, sendo uma enzima energética (787980).
  • Coentro: estudos apontam essa erva como responsável por efetuar a quebra de carboidratos complexos e proporcionar efeitos antioxidantes (818283).

As opções dadas ao longo desse artigo, salvo raras exceções, não oferecem efeitos colaterais sérios. E isso é diferente do que seria obtido com o auxílio de medicamentos alopáticos. Portanto, mesmo que alguns resultados ainda sejam prematuros e necessitem ser mais aprofundados, a tentativa é válida para quem sofre com a doença ou tem chances de desenvolvê-la.

Com a ajuda dessas ervas e suplementos, você pode contar com alguns produtos simples para complementar seu tratamento e manter os níveis de açúcar no sangue baixos.

  • Achei muito interessante e importante pq eu sou diabético tomo dois remédio 01 pela manhã e outro a noite o nome

  • Olá boa noite,eu achei o texto relevante até porque dificilmente teremos uma informação dessa em quelquer outro meio de comunicação,parabens os idealizadores e obrigado pela informação importantissíma.

  • Eu comprei o livre do diabete mas até hoje não recebi já tem mais de quinze dias e não consigo o telefones de vocês; pode algumas explicação o meu endereço é rua santo Antonio o numero é 32 bairro centro cruz das almas bahia paguei no boleto obri, João vieira costa

  • João,
    Contate nossa equipe para que possamos te ajudar e entender qual produto se refere.
    4003-5219
    Segunda á sexta-feira 08:00 ás 17:00.

  • >
    WordPress Video Lightbox